terça-feira, 18 de agosto de 2015

Otimizando o trabalho de vender água no sinal


Por John Paul

Assim que chego na cidade do Natal, no primeiro semáforo me deparo com uma mulher vendendo água entre os carros. O que me chamou a atenção é que ela simplesmente segurava umas três garrafas de água mineral em cada mão e saía entre os carros.

Na mesmo instante veio uma ideia que poderia ajudar essa mulher a faturar muito mais. Vamos analisar a situação:

A mulher vem andando com as garrafas na mão, ae um motorista desde o vidro e pede uma água e pergunta o valor, suponhamos que seja R$2,00 a garrada, então lá vai o motorista ainda procurar a nota na carteira. Analisando essa situação é uma "massada" da bexiga comparada ao tempo do sinal, e a vendedora vende poucas garrafas.

Com base nisso, avistando de longe a vendedora consegui uma ideia que pode até aumentar as vendas de água. Ela pode simplesmente usar uma placa estilo Placa-Sanduíche - estilo aquelas placas que os caras usam informando que compram ouro - com uma palavra e um precificador. ÁGUA R$2,00, de preferência que seja bem visível, por exemplo, fundo branco com letras pretas.

Mas como isso aumentaria as vendas da água no sinal de trânsito?
Então vamos lá. Imagine você dirigindo de meio-dia e pára no sinal, um calor amuado e você morrendo de sede. Então você lá de longe no meio dos carros uma pessoa vestida de out-door que está escrito ÁGUA R$2,00, e esta pessoa com as mãos cheias de garrafas de água mineral.

A primeira coisa que você vai fazer é procurar uma nota de dois reais na carteira ou contar as moedinhas que fica naquele cantinho perto do câmbio e tem que ser logo, pois o sinal pode abrir e você não quer esperar até o próximo sinal para se refrescar.

Quando o vendedor chegar perto do teu carro, você já tá com a mão estirada na janela só esperando, como uma mágica, seu dinheiro ser trocado por uma garrafa de água.

Otimizando o trabalho
Agora se coloque no lado da vendedora que eu vi. Para ela esse anúncio irá otimizar seu trabalho. Ao invés de perder tempo informando os preços, ela só vai ter o trabalho de pegar o dinheiro na mão do motorista com sua mão direita, e com a mão esquerda entregando a garrafinha. Assim vai ganhar mais tempo para ir no próximo carro, então se ela conseguia atender, por exemplo, 5 carros por sinal, ela pode até dobrar o número de veículos a serem atendidos por sinal.

Queria muito ter dado essa dica a vendedora de água lá em Natal. Mas como estava dentro da van e longe da janela não consegui passar a diante esta solução. Queria também ter feito uma foto para ilustrar esta postagem, mas quando pensei em fazer a foto ela tinha pegado o beco já rssrsrs.

Para encerrar, eu peço encarecidamente a você que leu esta postagem, da próxima vez que parar em um sinal e ver um vendedor de água ou qualquer outro produto, passe a dica à ele.

Outra coisa. comenta ae abaixo sua reflexão a respeito, se não concordou em algo e tem uma solução melhor para o vendedor no sinal.

Já colocaram em prática
fui mostrar essa postagem há um colega que mora na grande Natal, Wendell Jefferson, ele me relatou que todos os dias no outro lado da cidade do Natal ele encontra um rapaz no sinal com uma placa dessas e um isopor com a água bem geladinha.

Então meu fie, por enquanto é só. Arroche o Nó!

Comente com o Facebook:

Postar um comentário

compartilhe